QUINTA RODA - DICAS DA REMAPE

 

 

DICAS DA REMAPE - Quinta Roda

Prolongue a vida de sua 5ª. Roda
Amigos caminhoneiros, estes são cuidados para prolongar a vida útil de vosso caminhão e manter a vossa reputação de bom profissional em alta.
Limpar a 5ª. Roda
Os fabricantes recomendam faze-la regularmente com uma limpeza a vapor da placa superior. Muitos proprietários de caminhões preferem tirar as “badalhocas” de sujeiras e graxa acumulada em volta da placa com uma espátula, uma escova ou solvente de limpeza.
Inspeção da placa superior
Não espere sentir algum sinal de desajuste com a pancada da carreta contra o caminhão, tenha o hábito de examinar com frequência a superfície da placa superior e as bordas exteriores para detectar algum dano, ou desgaste em excesso.

Use uma régua ou uma peça reta como referência para determinar se a placa esta plana. Ilumine desde abaixo com uma lanterna para detectar algum sinal de graxa que esteja cobrindo alguma rachadura.
Controlar o mecanismo da trava 
Inspecione a área da mandíbula / mordaça para detectar algum dano, peças faltantes ou desgaste em excesso.

Assegure-se de que a alça esteja firme e reta, e que quando acionada provoque que a mandíbula (trava) abra normalmente. 

Confira de que a trava esteja fechada quando em contato com a carreta.



Ajuste do mecanismo da trava
Além de que todo fabricante ter um manual de instrução, todo bom mecânico tem um pino de prova que calça com perfeição a área da trava. (sua largura é exatamente de 2 polegadas)
Examinar os pinos do suporte
Busque por sinais de rachaduras ou outros danos. Esteja seguro de que os bocais de lubrificação não estejam bloqueados.
Os pinos ou parafusos não devem estar soltos ou mostrar sinais de desgastes.
A placa superior (mesa) deve inclinar normalmente e sem qualquer dificuldade.

Examinar a placa de suporte da carreta e o pino principal
Usar uma régua de nível igual de carpinteiro para determinar se a placa suporte da carreta esteja plana que controle a forma do pino na direção correta da mandíbula.
Use um medidor para determinar o desgaste do pino principal.

Se alguma destas peças estiver deformada ou rachada deverá ser trocada.
Lubrificar a mandíbula e o mecanismo de trava
A diferença entre a placa superior é que nestas peças devem ser aplicadas lubrificante a base de silicone ou um óleo leve.
Lubrificar os pinos de suporte
Colocar com uma pistola de lubrificação, pedir ajuda a um auxiliar para levantar esse lado da 5ª. Roda com uma alavanca, permitindo que a graxa encha as superfícies de fricção por cima do pino.
Repita esse procedimento em ambos lados.
Lubrificar a placa superior
Colocar graxa de alta qualidade na parte traseira da placa superior.
Esta graxa se espalhara por toda a superfície quando acoplar a carreta.
Seja cuidadoso
Ao acoplar a carreta esteja seguro que o “cavalinho” esteja na mesma altura e direção da carreta, permitindo que o acoplamento seja feito em segurança e sem desgastes a placa superior e ao pino principal.

Ao desenganchar a carreta do caminhão, abaixe os pés da carreta junto ao piso, retire o ar do caminhão para reduzir o peso sobre a 5ª. Roda antes de sair com toda a força.